preloader
Scroll to top
© 2019, Design In Studio

O NOVO VELHO E BOM MINIMALISMO


Design In Studio - 21 de janeiro de 2019 - 0 comments

Da Ásia pro Mundo

O movimento minimalista que teve início dos EUA na década de 60 ficou conhecido no mundo inteiro. Entretanto, a filosofia minimalista existe a milhares de anos na cultura asiática, mais especificamente na japonesa. Esta serviu de inspiração para o movimento minimalista que conhecemos hoje.

A simplicidade das linhas, tons suaves de cores e circulação livre são alguns dos principais pontos desse estilo no design de interiores. A frase menos é mais se encaixa perfeitamente aqui.

Por utilizar elementos naturais na decoração,  o minimalismo pode ser considerado favorável a utilização consciente dos recursos naturais. Com a utilização de pouca mobília e tons neutros, os ambientes minimalistas são elegantes e versáteis.

Como estilo de vida, o minimalismo exige concentração e disciplina. É necessário mudar o mindset para conseguir incorporar a cultura do desapego na vida. Eliminar objetos desnecessários,  deixar de lado o consumismo em excesso e até mudança nos hábitos alimentares, são passos importantes que nos ajudam a viver verdadeiramente essa ideologia.

Os japoneses tem uma filosofia de vida Zen, transmitindo a ideia de liberdade e essência da vida, o que revela a qualidade dos objetos e materiais utilizados. Como pregado no budismo, se libertando do apego a bens materiais a alma alcança paz e conforto.

Depois das guerras os japoneses aprenderam a viver com pouco, valorizando ainda mais os aspectos mais importantes das vida. E esse estilo de vida serviu de modelo não só para os americanos, mas pra todo o mundo.

O Design In Studio gosta da filosofia minimalista, pois acredita que com menos objetos e distrações podemos focar nas coisas que realmente importam e despender nossa energia naquilo que nos faz bem.

Foto Por Shutterstock – Elsalvador.com

Please follow and like us:
error
error

Enjoy this blog? Please spread the word :)